Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


Pesquisar

 


Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas

Quarta-feira, 09.11.16

ADIRA E DIVULGUE!
VAMOS ENCHER A AVENIDA DA LIBERDADE

O Movimento 1º de Dezembro lançou a ideia deste grandioso Desfile e mobilizou por todo o país, com o apoio dos seus delegados e da Confederação Musical Portuguesa, diferentes bandas e municípios para o efeito. É possível realizá-lo graças ao apoio da Câmara Municipal de Lisboa e à capacidade de organização da EGEAC. A iniciativa conta também com o endosso da SHIP - Sociedade Histórica da Independência de Portugal, que o incluiu no Programa Oficial das Comemorações do 1º de Dezembro. Agradecemos também o apoio facultado pelo Recheio e pelo Amanhecer.

O Desfile Nacional de Bandas Filarmónicas "1º de Dezembro" foi um êxito em 2012, 2013, 2014 e 2015. Será êxito maior em 2016.

14h30 - Concentração junto ao Monumento aos Mortos da Grande Guerra, na Avenida da Liberdade (ao Cinema S. Jorge)
15h00 - Início do Desfile
16h30 - Concentração final, na Praça dos Restauradores, e Apoteose Final com interpretação conjunta por 1.700 músicos dos três hinos: Hino da Maria da Fonte, Hino da Restauração e Hino Nacional.
17h00 - Fecho e desmobilização das bandas

Nesta 5ª edição, desfilarão as seguintes bandas e grupos, aqui ordenados por géneros e por ordem alfabética dos distritos e concelhos respectivos:

GRUPOS DE PERCUSSÃO:
Tocá Rufar (Seixal)
Grupo de Bombos de Atei (Mondim de Basto)

BANDA NACIONAL:
Banda do Exército

BANDAS FILARMÓNICAS:
Banda da ACULMA (Marvila, Lisboa)
Sociedade Filarmónica União e Progresso Madalense (Madalena do Pico, Açores)
Banda Musical Santiago de Lobão (Santa Maria da Feira)
Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense "Os Amarelos" (Moura)
Banda Filarmónica de Santa Maria de Bouro (Amares)
Banda Marcial de Arnoso (Vila Nova de Famalicão)
Associação Filarmónica Recreativa e Cultural do Brinço (Macedo de Cavaleiros)
"Banda de Música 1º de Maio (Associação de Socorros Mútuos dos Artistas Mirandelenses) (Mirandela)
Associação Filarmónica Retaxense (Castelo Branco)
Filarmónica Recreativa Cortense (Covilhã)
Sociedade Filarmónica Oleirense (Oleiros)
Sociedade Filarmónica de Educação e Beneficência Fratelense (Vila Velha de Ródão)
Sociedade Musical Recreativa Instrutiva e Beneficente Santanense (Figueira da Foz)
Sociedade Filarmónica Sangianense (Oliveira do Hospital)
Banda Filarmónica da Casa do Povo de N.ª Sr.ª de Machede (Évora)
Banda Musical de Tavira
Banda Academia de Santa Cecília (de São Romão) (Seia)
Sociedade Musical Estrela da Beira (Seia)
Sociedade Filarmónica Maiorguense (Alcobaça)
Sociedade Filarmónica Pedroguense (Pedrógão-Grande)
Associação Musical de Cabanas de Torres (Alenquer)
Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro da Encarnação (Mafra)
Banda Juvenil do Município de Gavião
Sociedade Musical Euterpe de Portalegre
Banda de Música de S. Vicente de Alfena (Valongo)
Sociedade Filarmónica União Maçaense (Mação)
Sociedade Filarmónica Gualdim Pais (Tomar)
Sociedade Filarmónica Incrível Almadense (Almada)
Banda Filarmónica da Associação Musical de Vila Nova de Anha (Viana do Castelo)
Sociedade Filarmónica Fraternidade de São João de Areias (Santa Comba Dão)
Banda Musical 81 de Ferreirim (Sernancelhe)

Será um total de 34 entidades, integrando 2 grupos de persussão, 1 banda nacional militar e 31 bandas filarmónicas civis.

Serão cerca de 1700 músicos, provenientes dos mais diversos pontos do país que irão descer a Avenida da Liberdade, para celebrar Portugal, a Independência e a Restauração através de uma merecida homenagem a esta prática musical e à importante acção formativa e cívica das bandas filarmónicas.

Tendo como ponto de partida o monumento aos Mortos da Grande Guerra, o desfile descerá até à Praça dos Restauradores para uma interpretação conjunta final das Bandas participantes sob a direcção do Maestro Tenente Duarte Cardoso, da Banda do Exército.

Ao longo do desfile, serão interpretadas várias marchas, bem como o Hino da Restauração. O alinhamento do momento colectivo conta também, além do Hino da Restauração, com a interpretação dos Hino da Maria da Fonte e Hino Nacional.

Assim não chova! Será um grande sucesso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por António Madeira às 08:31


Comentários recentes