Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar

 


Letras do Alva - Outubro de 2015

Segunda-feira, 26.10.15

Foi publicado em Outubro mais um número deste novo titulo da imprensa regional. Com sede em Torroselo,  o Letras do Alva fundado e dirigido pelo Dr. Luís Silva afirma no seu Estatuto editorial, que " procura a verdade e subordina-se aos factos. Nunca nos deixaremos condicionar por interesses partidários e económicos ou por qualquer lógica de grupo. Somos responsáveis apenas perante os nossos leitores". (...)

 

Nesta edição podemos ler diversas notícias da região, e uma extensa entrevista com o senhor Luís Mendes Martins, sapateiro de profissão e músico amador.

 

Luís Mendes Martins, mais conhecido por Luís "Mineiro", é um torroselense que ama a nossa terra e, dedicou muito do seu tempo de lazer, em benefício da  Banda Estrela de Alva. Serviu a Banda como músico, maestro e dirigente.

 

Guardo na minha memória a oficina que teve nos anos 60 do século passado na casa do senhor José Pina, e das tertúlias que por ali paravam.Tinha como colaboradores/empregados o seu primo António Fonseca, e o Ferreira, mais conhecido por "Salazar".

 

Na mesma rua outros tertúlianos se reuniam, mas estes, na Farmácia Central. Aqui, era mais a intelectualidade da terra,  enquanto que, na oficina de sapateiro, era mais o povo humilde, resineiros, assalariados rurais, ou seja, a raia miúda. Falava-se de futebol, do Benfica,  e do Sporting, porque também havia sportinguistas no povo miúdo. E lia-se o jornal A Bola!

joao 001.jpg

joao 002.jpg

joao 003.jpg

joao 004.jpg

joao 005.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por António Madeira às 15:05

1 comentário

De luis silva a 28.10.2015 às 16:07

Boa tarde amigo A. Madeira.
É verdade o que diz.
Também de realçar os seus apontamentos nesta edição. Um chamando a atenção para a festa de Sandomil que este ano não se realizou por falta de mordomos que a organizassem e ao mesmo tempo dizendo aos nossos leitores que em Torroselo isso não acontece graças ao crer e vontade de algumas pessoas que teimam em manter vivas as tradições,e, o outro apontamento chamando a atenção para a limpeza das valetas e margens de algumas estradas das nossas aldeias.
Grato pela divulgação do jornal no seu blogue apresento os meus cumprimentos pessoais;
Luis Silva

Comentar post



Comentários recentes