Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


Poema da Paz

Domingo, 03.04.16

O dia mais belo? Hoje.

A coisa mais fácil? Equivocar-se.

O obstáculo maior? O medo.

O erro maior? Abandonar-se.

 

A raíz de todos os males? O egoísmo.

A distração mais bela? O trabalho.

A pior derrota? O desalento.

Os melhores professores? As crianças.

 

A primeira necessidade? Comunicar-se.

O que mais faz feliz? Ser útil aos demais.

O mistério maior? A morte.

O pior defeito? O mau humor.

 

A coisa mais perigosa? A mentira.

O sentimento pior? O rancor.

O presente mais belo? O perdão.

O mais imprescindível? O lar.

 

A estrada mais rápida? O caminho correto.

A sensação mais grata? A paz interior.

O resguardo mais eficaz? O sorriso.

O melhor remédio? O otimismo.

 

A maior satisfação? O dever cumprido.

A força mais potente do mundo? A fé.

As pessoas mais necessárias? Os pais.

A coisa mais bela de todas? O amor.

 

Poema atribuído à Beata Teresa de Calcutá

 

3 de Abril de 2016

No Ano Jubilar da Misericórdia

in A Voz da Comunidade, Paróquia da Cova da Piedade, Almada

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por António Madeira às 22:09


Comentários recentes