Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

18/09/15

Nostalgia...

Trago à memória dos meus leitores mais seniores, um produto popular dos anos 60 e 70.

 

Trata-se do conhecido aftershave Pitralon, que, qualquer barbearia que se preza-se, tinha este produto para massajar a cara dos seus clientes.

 

Desapareceu há muitos anos do nosso mercado, mas mantem-se o fabrico e a comercialização na Suíça. Quem gosta, continua a adquirir esta maravilha que a publicidade dos anos 70 anunciava ser " Pitralon, para os homens de bom tom" e, "fazer a barba torna-se um prazer".

 

Não sei se em Torroselo o saudoso João Barbeiro no seu estabelecimento nos baixos do edifício da cadeia usava este produto nos seus clientes, mas é provável que sim, tal a popularidade do Pitralon e a escassez no mercado de produtos congéneres.

pitralon after shave_thumb[2].jpg

pitralon 001.jpg

pitralon 002.jpg

 

 

 

07/03/15

Observando a Natureza...

 

foto_26.jpg

 

Vista parcial do Parque da Paz - Almada

foto_34.jpg

 Os patos a prepararem-se para a fotografia...

foto_40.jpg

 

 

foto_41.jpg

 

foto_39.jpg

Aqui, não gostou de ser fotografado...

foto 48.jpg

O melro a lutar pela sua sobrevivência! A vida está mesmo difícil! Até para as aves...

 

 

 

 

24/02/15

Feira do Queijo Serra da Estrela, uma aposta na valorização e promoção dos produtos locais

Milhares de visitantes passaram pela Feira do Queijo Serra da Estrela, que decorreu durante o fim de semana do Carnaval em Seia, para saborear e adquirir os produtos locais, com especial enfoque no Queijo Serra da Estrela, o rei da festa.

O pão de centeio, a broa e outros doces típicos, os enchidos, o mel Serra da Estrela e o vinho do Dão, os produtos da terra e o artesanato, as tasquinhas, os animais da quinta e a animação constante, proporcionada pelos ranchos folclóricos, as bandas filarmónicas, concertinas e outros grupos de cantares do concelho, também foram uma componente importante da Festa, que decorreu no Mercado Municipal de Seia e zona envolvente.

Durante a sessão de abertura do certame, o presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, evidenciou o “excelente retorno à economia local” que a feira proporciona para os produtores e expositores presentes na feira, mas também para o comércio e o turismo.
O edil aproveitou o facto para realçar o dinamismo da indústria alimentar, na valorização e promoção dos produtos tradicionais da serra da Estrela, um setor em crescimento que representa 30 milhões de euros na economia local e que pode contrariar a regressão do crescimento demográfico no concelho e na região.

A este respeito, o Presidente deixou um apelo ao secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, Nuno Vieira de Brito, Carlos Filipe Camelo, para que melhorar alguns procedimentos que envolve as exportações do queijo Serra da Estrela, cujos “baixos níveis têm de ser melhorados”.

O Secretário de Estado garantiu que existe “um olhar atento sobre os produtores” e que o governo tem uma nova visão social e económica da agricultura e do agroalimentar, adiantando que a intenção é continuar a crescer e que as empresas comecem a exportar cada vez mais.
Nuno Vieira de Brito apelou, a este respeito, à união de todos os agentes envolvidos para que se criem “produtos de valor” que permitam “ir para novos mercados, todos juntos, com produtos de qualidade”.

in CMS

Feira do Queijo Serra da Estrela, uma aposta na valorização e promoção dos produtos locais

25/07/14

Galardões qualificam praias fluviais do concelho

Galardões qualificam praias fluviais do concelho

As Praias Fluviais de Lapa dos Dinheiros e Vila Cova à Coelheira ostentam, pelo primeiro ano, os galardões de Praia Acessível e Loriga renova a Bandeira Azul e de qualidade de ouro.

Localizadas em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, as praias de Lapa dos Dinheiros, Loriga e Vila Cova à Coelheira confirmam a sua singularidade, ostentando galardões diferenciadores no panorama regional.

A praia de Loriga distingue-se pela particularidade de ser a única praia portuguesa situada num vale glaciário e pela excelente qualidade de água, comprovada pela atribuição das Bandeiras Azul e de Ouro, hasteadas este domingo. A "Bandeira Azul" é um instrumento de distinção atribuído pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), atribuída anualmente às praias e portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental. No que diz respeito ao galardão de ouro, da responsabilidade da Quercus, a praia tem de ter, durante cinco anos consecutivos, a classificação máxima na qualidade da água, que é o caso de Loriga.

Localizada na margem esquerda do rio Alva, a praia fluvial de Vila Cova à Coelheira situa-se num local com elevada qualidade paisagística, junto à linha de água, cuja beleza e características naturais do local potenciam a utilização do espaço como zona balnear, lazer e recreio. Esta praia hasteou este domingo, pelo primeiro ano, a Bandeira Acessível, classificação que pressupõe o cumprimento de um conjunto de regras que viabilizam a sua utilização e desfrute, com equidade, dignidade, segurança, conforto e a maior autonomia possível, por todas as pessoas, independentemente da sua idade, de possíveis dificuldades de locomoção, ou de outras incapacidades que condicionem a sua mobilidade.

À semelhança de Vila Cova à Coelheira, a praia fluvial de Lapa dos Dinheiros também ostenta, pela primeira vez, a bandeira Acessível. Situada em plena ribeira da Caniça, a praia diferencia-se pelo enquadramento harmonioso com a paisagem de montanha, dominada pelo souto da Lapa e imponentes afloramentos graníticos.

Estas praias, em conjunto com Sandomil, que também reúne as condições ideais de uma praia fluvial, muito embora este ano não exponha nenhuma bandeira, compõem a rede de praias fluviais do concelho de Seia, uma estratégia turística de valorização das potencialidades do território, resultante do investimento municipal realizado em anos anteriores, em estreita colaboração com as juntas de freguesia.

Para o Presidente da Câmara, Carlos Filipe Camelo, a rede de praias “em funcionamento, confere maior atratividade ao nosso território, privilegiando aqueles que nos visitam nesta altura com a possibilidade de desfrutar de praias com características diversificadas e detentoras de uma beleza natural única, beneficiando por sua vez a própria economia local”.

Fonte:http://www.cm-seia.pt

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.