Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

Festival ARTIS, inscrições abertas

Estão abertas as inscrições, até ao dia 15 de abril, para as Mostras de Pintura, Escultura e Fotografia, da ARTIS XII – Festival de Artes Plásticas de Seia.

Organizado pelo Município de Seia, em parceria com a Associação de Arte e Imagem de Seia, o festival, que vai na sua 12ª edição, vai decorrer de 3 de maio a 29 de junho, na Casa Municipal da Cultura de Seia e outros espaços.

Trata-se de um certame que se constitui como um contributo para a valorização da criação artística dos agentes locais, nos domínios da pintura, escultura, fotografia, música e outras áreas criativas. Embora possam ser apresentados trabalhos com tema livre, o tema sugerido este ano será A MAGIA DA NOSSA MONTANHA. Trata-se de um desafio aos fotógrafos e artistas locais e convidados a produzirem novas leituras sobre esta região da serra da Estrela. Visões, simultaneamente autorais e contemporâneas, de modo a descobrir os vários universos marcados pela magia da montanha, pelas tradições culturais, produtos, paisagens e pessoas.

Para além das várias exposições coletivas de diversas áreas artisticas, o Festival ARTIS conta ainda com iniciativas paralelas, entre elas workshop’s, ações de animação de rua, uma Mostra de Música Moderna de Seia e o Festival Especial, entre outras. Os músicos interessados em participar nesta Mostra, poderão contactar a Casa Municipal da Cultura (238 310 293).

Regulamento em www.artisdeseia.blogspot.com 

 

Comunicado de Imprensa da CMS

Conferência debate investimentos em Infraestruturas e o desenvolvimento da Região da Serra da Estrela

 

 

 

Conferência debate investimentos em Infraestruturas e o desenvolvimento da Região da Serra da Estrela

Os Investimentos em Infraestruturas e a sua importância para o Desenvolvimento do espaço sub-regional da Serra da Estrela é o tema central de uma conferência, promovida conjuntamente pelos Municípios de Seia, Oliveira do Hospital, Tábua, Covilhã e Nelas, que irá realizar-se no dia 05 de abril, a partir das 14:00h, na Casa Municipal da Cultura de Seia.

A iniciativa vai contar com a participação de vários agentes locais e regionais: autarcas, empresários, associações, órgãos desconcentrados da administração central, entidades públicas e privadas e organizações político-partidárias, entre outros.

A temática assume particular relevância, numa região que reclama a resolução dos constrangimentos de acessibilidade à vertente norte da Serra da Estrela e numa altura em que se encontra em discussão pública o estudo encomendado pelo Governo, sobre as Infraestruturas de Valor Acrescentado, um documento estratégico que define os investimentos prioritários para o País, no quadro da programação financeira europeia (2014-2020).

O fórum de discussão pretende evidenciar e reafirmar a importância da execução da Rede Rodoviária da Serra da Estrela (IC6, IC7 e IC37) para este território, que compreende uma das zonas ambientais e turísticas mais importantes do país, mas que regista indicadores de desenvolvimento socioeconómico regressivos, que importa corrigir.

A Beira Serra e a Serra da Estrela possuem um tecido empresarial ligado aos produtos endógenos, como os lacticínios (fileira do queijo), setor têxtil, da floresta e do turismo com enormes potencialidades, contudo, enfrenta dificuldades de afirmação, resultantes em boa medida de uma rede de acessibilidades obsoleta e que não serve os interesses deste espaço sub-regional, compreendido entre Coimbra, Covilhã, Guarda e Viseu, onde se incluem os Concelhos de Tábua, Arganil e Oliveira do Hospital (Distrito de Coimbra), Seia, Gouveia e Fornos de Algodres (Guarda) e Nelas (Viseu).

 

(Nota de Imprensa da CMS)

Loja Social de apoio a famílias com crianças

Abriu, no dia 2 de abril, um novo espaço de apoio às famílias e crianças mais vulneráveis do concelho de Seia, o Centro de Recursos “Espaço Família + Bebé + Criança”.

Dinamizada pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social de Seia (CLDS+ SENA), projeto social promovido pelo Município de Seia e coordenado pela Fundação Aurora Ressurreição Coelho Borges, este espaço surge da reestruturação da Loja Social existente, agora focalizada em responder às necessidades imediatas de famílias com crianças em situação de vulnerabilidade. 
A atividade do Centro de Recursos centra-se no apoio aos beneficiários de bens doados por particulares ou empresas, como roupa, calçado, artigos de puericultura, entre outros, mas também no auxílio a nível psicossocial.

A Loja Social está localizada na Escola da Ladeira, junto à central de camionagem, e estará aberta duas vezes por semana, às quartas-feiras, das 14h às 17h, e às sextas-feiras, das 10h às12h e das 14h às 17h.

São beneficiários da Loja Social, os indivíduos que revelem fragilidades económica e social identificada pelas entidades e, após análise da situação socioeconómica da família, serão atribuídos bens, mediante a disponibilidade do Centro de Recursos.

Esta estrutura solidária de apoio está aberta a doações de particulares e empresas, tendo já recebido sinais inequívocos de solidariedade, por parte de algumas instituições locais e sobretudo de anónimos que se têm voluntariado nesta causa.

No âmbito do CLDS + Sena, a nova Loja Social será um equipamento que terá como objetivos: promover a melhoria das condições de vida das famílias com crianças em situação de carência, através da atribuição de bens, novos ou usados; potenciar o envolvimento da sociedade civil, empresas e instituições e de toda a comunidade na recolha de bens; promover a integração social do indivíduo, família e comunidade, estimulando a sua participação; e desenvolver a participação de voluntários.

Município de Seia

 

(Nota de imprensa da CMS)

Multinacional cria 50 novos empregos em Seia

 A Ara, multinacional alemã de calçado, vai criar mais 50 postos de trabalho na sua fábrica de Seia. Uma boa notícia para Seia, para a região e para o país.

 

(Foto da net)

 

A multinacional alemã de calçado ara investiu três milhões de euros na instalação de um sistema de injeção direta de poliuretano na fábrica de Seia que criará 50 novos empregos e quase duplicará a capacidade de produção.

Em comunicado hoje divulgado, a ara Shoes adianta que a instalação do DIP (Injeção Direta de Poliuretano) vai permitir produzir mais 600 mil pares por ano, elevando a produção diária de 3.500 para 6.500 pares e a capacidade de produção em Seia para 1,4 milhões de pares por ano, equivalentes a cerca de 20% da produção anual da marca.

“Com este investimento a ara reforça a sua presença em Portugal e transforma Seia numa das suas unidades de produção tecnologicamente mais evoluídas do grupo”, destaca o grupo alemão. Adicionalmente, refere, a implementação da nova tecnologia “vai permitir produzir uma diversidade mais extensa de modelos de calçado da marca em Portugal”.

A unidade de Seia da ara Shoes existe desde 1991 e emprega atualmente 320 pessoas, produzindo diariamente 3.500 pares de sapatos, 10.000 pares de solas e 10.000 pares de enfustes, posteriormente exportados para os vários mercados onde a marca está presente.
Segundo dados da empresa, em 2012, a ara Shoes Portuguesa exportou cerca de 800 mil pares de calçado e faturou 20 milhões de euros.

Representada em Portugal desde 1974, a marca ara está disponível nas sapatarias portuguesas desde 2003 e conta atualmente com cerca de 40 pontos de venda no país.
Presente em cerca de 60 países, a ara Shoes AG vendeu em 2012 cerca sete milhões de pares de calçado em todo o mundo e obteve uma faturação de 202 milhões de euros.
A ara AG, que detém as marca ara, Salamander e Lloyd, entre outras, faturou 570 milhões de euros em 2012.

 

Fonte: Lusa

Imprensa regional de Seia

Em 13 de Agosto de 1986 foi publicado o Nº 1 (III Série) do jornal Seia Nova. O Director, Editor e Proprietário era José António Fernandes Camelo. A redacção estava localizada na Arrifana e delegação em Lisboa. Fui assinante deste jornal que, conheci, por intermédio do meu amigo e companheiro do serviço militar, Guilherme Bento, também ele natural da Arrifana.

A vida deste jornal foi curta, as assinaturas não cobrem os custos de produção e, sem publicidade... não há jornal que aguente.

Primeira página do Nº 1 do Seia Nova
Ficha Técnica e Estatuto Editorial
850 anos do 1º Foral de Seia
Fiagris - Feira Industrial e Agrícola de Seia

Atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior

A Câmara Municipal de Seia vai continuar a apoiar os estudantes senenses frequentadores do ensino superior, numa medida que se traduzirá na atribuição, durante o ano letivo 2013/2014, de 13 bolsas de estudo a alunos com maiores carências económicas.

Estes incentivos à formação académica concretizam-se na atribuição mensal de 10 bolsas a alunos que estudem fora do concelho, no valor de 125€, e de três bolsas de 75€ para estudantes que frequentem a Escola Superior de Turismo e Hotelaria (ESTH) de Seia.

As candidaturas deverão ser remetidas até ao dia 31 de outubro, na Divisão Sociocultural do Município, podendo concorrer os alunos que reúnam as seguintes condições: sejam naturais e residentes no concelho de Seia ou não sendo naturais, nele residentes há mais de três anos, com o respetivo agregado familiar; tenham tido aproveitamento escolar no ano letivo anterior; não possuam já habilitações ou curso equivalente àquele que pretende frequentar; não possuam por si, ou através do seu agregado familiar, um rendimento mensal per-capita que ultrapasse o valor fixado para o indexante dos apoios sociais.

 

Fonte : Câmara Municipal de Seia, 11-10-2013