Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

16
Jul19

XII ENCONTRO DE BANDAS FILARMÓNICAS

bandas.jpg

 

XII ENCONTRO DE BANDAS FILARMÓNICAS

A Banda da Sociedade Filarmónica União 1 de Dezembro de 1902 de Atouguia da Baleia vai novamente fazer parte do Encontro de Bandas Filarmónicas da nossa vila.

Uma iniciativa organizada este sábado pela Junta de Freguesia de Atouguia da Baleia e que vai contar também com os nossos amigos da Banda Torroselense Estrela d'Alva e da Banda Filarmónica de Caria.

Contamos consigo para mais um grande dia de festa e claro, com boa música.

Fonte: Facebbok da Filarmónica União 1 de Dezembro de 1902 de Atouguia da Baleia 

14
Jul19

Câmara promove convívio sénior

seia.jpg

 

No dia 19 de julho a autarquia volta a convidar a população sénior para mais um Convívio, que este ano terá como destino Fátima. O programa incluiu Missa na Basílica da Santíssima Trindade, almoço e animação com música ao vivo.

 

O Convívio Sénior é dirigido a pessoas residentes no concelho de Seia, com idade igual ou superior a 65 anos de idade, reformados ou pensionistas. A Câmara disponibiliza transporte, encontrando-se no entanto o pagamento do almoço, no valor de 13,5€, a cargo dos participantes. Os interessados podem inscrever-se, até ao próximo dia 21 de junho, única e exclusivamente na junta de freguesia da área de residência.

 

O convívio concelhio é uma forma de reencontro anual entre populações, por vezes a única forma de confraternização entre idosos de outras freguesias, mas também um ótimo meio de combater a solidão junto desta faixa etária, que para muitos significa uma oportunidade de conhecer outros locais.

Fonte: CMS

12
Jul19

Oliveira do Hospital - ExpOH 2019 abre portas a 20 de Julho

oliveira.jpg

 

A ExpOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital abre portas dia 20 de julho, às 18h00, no parque do Mandanelho, prolongando-se até 28 de julho.

Serão nove dias com muita animação, onde não faltam grandes concertos com artistas nacionais e internacionais bem conhecidos do público português, assim como exposições, gastronomia e artesanato.

No sábado – a primeira noite do certame – a organização oferece um espetáculo grátis com a cantora portuguesa April Ivy e, no domingo, as expetativas estarão centradas no concerto do conhecido cantor angolano, Anselmo Ralph, que continua a conquistar o público português.

A terceira noite do evento, segunda-feira, é dedicada à Gala Social e constitui um momento de reconhecimento público ao trabalho das Instituições Particulares de Solidariedade Social e Lares privados do concelho, assim como aos seus utentes - crianças, jovens, idosos e cidadãos portadores de deficiência -, colaboradores e famílias.

Na terça-feira, a noite é preenchida pelo concurso Soltem Talentos, que visa descobrir novos valores dando oportunidade aos jovens do concelho (entre os 15 e os 35 anos) de mostrarem as suas aptidões artísticas, numa das seguintes áreas a concurso: Voz/Dramaturgia, Música, Dança e Artes Circenses.

Nos restantes cinco dias de feira, estão agendados cinco grandes concertos: Grupo AF (dia 24); Wet Bed Gang (dia 25); Quatro e Meia (26).

No dia 27, as atenções estarão concentradas no famoso cantor internacional Nego do Borel e no no domingo (29), subirá ao palco principal do Parque do Mandanelho para o concerto de encerramento desta 10ª edição da EXPOH a famosa banda os Azeitonas.

No Parque do Mandanelho, estarão instalados três palcos, por onde passarão também vários artistas locais e grupos culturais concelhios, e os visitantes terão ainda ao dispor a habitual área dedicada à gastronomia com várias tasquinhas e bares, onde a animação com vários Dj´s é garantida.

Com quatro noites grátis (dias 20, 22, 23 e 28), o preço dos bilhetes para os restantes dias varia entre os dois e os seis euros, mas a organização do evento disponibiliza um bilhete geral por 15 euros, que proporciona uma poupança de cinco euros.

Fonte: CMOH

07
Jul19

Recordar Torroselo de antigamente

postal.jpg

Nas minhas pesquisas  encontrei esta maravilha! A Fonte dos Moiros em bilhete postal editado pelo Grupo Torroselense Estrela de Alva. Foi no longínquo anos de 1927, e tudo leva a crer, que a iniciativa foi do prof. Francisco Mendes Póvoas, fundador  e dirigente do Grémio, e autor do livro "Entre Serras.... Herminismo.

Texto : António Madeira

Imagem: www. old-postcards.blogspot.pt

04
Jul19

Recordar a cultura popular em Torroselo

inatel.jpg

Nos anos 80, Torroselo teve um grupo de música popular denominado " Cancioneiro do Alva". Foi fundado por um torroselense que à cultura, ao associativismo, à educação e ao regionalismo beirão  deu sempre o seu melhor. Ele, foi o saudoso dr. Manuel Sousa. No feriado municipal,  a Câmara homenageou  com a Campânula de Mérito e Dedicação,  Manuel Sousa (a título póstumo), pelo mérito cultural.

02
Jul19

Seia - Comemorações do Feriado Municipal

seia.jpg

 

A Câmara Municipal assinala, amanhã dia 3 de julho, o 33º aniversário da elevação de Seia a cidade.

O programa das comemorações do Feriado Municipal começa às 14h30, com o desfile das Bandas Filarmónicas do concelho pela Cidade, a que se seguirá a atuação das bandas no CISE - Centro de Interpretação da Serra da Estrela.

Finalizadas as atuações, terá início a cerimónia, onde a Câmara Municipal de Seia distingue, à semelhança dos anos anteriores, pessoas e instituições do concelho com Campânulas de Mérito Municipal e os melhores alunos com prémios de mérito escolar.

As Campânulas de Mérito Municipal premeiam pessoas e instituições que se notabilizaram pelos seus méritos pessoais ou feitos cívicos e que, deste modo, contribuíram para o desenvolvimento e afirmação do concelho. Este ano a Câmara homenageia com a Campânula de Mérito e Dedicação, António Garcia e Manuel Sousa (a título póstumo), pelo mérito cultural, Ricardo Cardoso, na área empresarial, a Climaserra, António Justino Ribeiro, o Chão do Rio – turismo de aldeia e a Altice Portugal, e pelo mérito desportivo, o atleta Hélio Vaz.

Os Prémios de Mérito Escolar vão ser atribuídos a 9 alunos, os melhores de cada nível de ensino, um gesto de reconhecimento e valorização da excelência no desempenho escolar.

Posteriormente, decorre a tomada de posse do Provedor do/a Munícipe e serão apresentados publicamente os projetos vencedores da 4ª edição do Orçamento Participativo, cuja votação termina este domingo.

Integrado na programação, e fruto do mau tempo que se fez sentir em Seia no dia 23 de junho, que impossibilitou que as Marchas Populares saíssem à rua nessa data, no dia anterior (2 de julho) a cidade assiste ao desfile das Marchas Populares.

Fonte: CMS

28
Jun19

Falecimento

gnr.jpg

Faleceu hoje, 28, aos 66 anos de idade, Francisco José Caeiro Polha, natural de Vimieiro - Arraiolos, casado com Maria Virgínia Gouveia Dunhão Caeiro, natural de Torroselo e com residência na Rua de São João. O funeral a cargo da Agência Funerária Brito, de Oliveira do Hospital, realiza-se amanhã, 29 de Junho. As cerimónias fúnebres realizam-se na Capela de São João, e em seguida vai em cortejo fúnebre para o crematório de Mangualde onde vai a cremar.

Aos seus familiares e amigos envio as minhas condolências.

 

 

20
Jun19

Alguns dados históricos sobre a Solenidade do Corpo de Deus

Do site da minha Paróquia retirei o texto que segue:

"A Solenidade Litúrgica do Corpo e Sangue de Cristo, conhecida popularmente como “Corpo de Deus”, começou a ser celebrada há mais de sete séculos e meio, em 1246, na cidade belga de Liège, tendo sido alargada à Igreja universal pelo Papa Urbano IV através da bula “Transiturus”, em 1264, dotando-a de missa e ofício próprios.
Em 1311 e em 1317 foi novamente recomendada pelo Concílio de Vienne (França) e pelo Papa João XXII, respetivamente. Nos primeiros séculos, a Eucaristia era adorada publicamente, mas só durante o tempo da missa e da comunhão. A conservação da hóstia consagrada fora prevista, originalmente, para levar a comunhão aos doentes e ausentes.
Só durante a Idade Média se regista, no Ocidente, um culto dirigido mais deliberadamente à presença eucarística, dando maior relevo à adoração. No século XII é introduzido um novo rito na celebração da Missa: a elevação da hóstia consagrada, no momento da consagração. No século XIII, a adoração da hóstia desenvolve-se fora da missa e aumenta a afluência popular à procissão do Santíssimo Sacramento.
A procissão do Corpo e Sangue de Cristo é, neste contexto, a última da série, mas com o passar dos anos tornou-se a mais importante. Do desejo primitivo de “ver a hóstia” passou-se para uma festa da realeza de Cristo, na “Chirstianitas” medieval, em que a presença do Senhor bendiz a cidade e os homens". (...)

Fonte: Paróquia da Cova da Piedade - Almada

 

A Igreja celebrou hoje, 20 de Junho, a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo.  A Banda Torroselense participou nas Procissões do Corpo e Sangue  de Cristo conhecida popularmente como “Corpo de Deus”,  em Torroselo, Lagos da Beira e Lagares da Beira. Um dia de grande esforço e dedicação dos filarmónicos e seus dirigentes que, deve ser enaltecido.

19
Jun19

Marchas Populares de Oliveira do Hospital

Oliveira do Hospital 016.jpg

Oliveira do Hospital 021.jpg

Oliveira do Hospital 009.jpg

O Município de Oliveira do Hospital está a preparar mais uma edição das Marchas Populares que trará muita animação e cor ao Parque do Mandanelho no próximo sábado, dia 22 de junho.

A partir das 21H00 terá início um dos espetáculos mais aguardados pelos milhares de pessoas que todos os anos acorrem ao parque da cidade para assistir ao desfile e atuação das doze marchas participantes.

A edição deste ano conta com a participação de três marchas infantis e nove seniores provenientes de várias localidades do concelho com a promessa de transformar a noite de sábado num serão de cor, alegria e tradição.

Caberá aos mais novos iniciar o espetáculo das Marchas Populares do Município de Oliveira do Hospital com a presença de três instituições: Fundação Aurélio Amaro Dinis, Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira e Obra D. Josefina da Fonseca que irão trazer as suas crianças para marchar e encantar o público.

Seguir-se-ão as nove marchas seniores que serão pautadas pelas atuações de elevada qualidade como vem sedo apanágio.

Participam este ano: marcha da Arcial; Epto Marcha (Eptoliva); Marcha da Associação Cultural Oliveirenses & Amigos; Marcha das Seixas; Marcha da Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira; Marcha da Junta de Freguesia de Meruge; Marcha do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira; Marcha Popular da Sociedade Recreio e Cultura dos Povos de Galizes e Vendas de Galizes; e a Marcha da Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô.

O evento foi apresentado durante uma conferência de imprensa pelo presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, e pela vereadora da Cultura, Graça Silva, com a presença dos representantes das marchas envolvidas, que deram conta do trabalho desenvolvido resultante do esforço e envolvimento das comunidades para que, no próximo sábado, cada uma das marcha brilhe e arranque fortes aplausos do público.

Coube à vereadora Graça Silva apresentar as novidades da edição 2019 – cuja apresentação estará a cargo de Liliana Lopes e José Conde e terá transmissão em direto através das redes sociais para todo mundo – que irá contar apenas com marchas provenientes do concelho, sendo que no grupo das doze há ainda duas estreantes.

“Temos um número de marchas seniores participantes bastante elevado, será até o ano em que há mais marchas seniores envolvidas” assim como “muita gente envolvida a participar”, revelou apontando para cerca de 800 marchantes, sendo que duas centenas participam nas infantis.

“Este ano queremos ainda uma maior qualidade em todas as marchas”, disse a responsável pela organização do evento que considera estarem reunidos todos os ingredientes para seja uma noite memorável para todo o público que assistir.

De referir ainda que o evento terá uma bilheteira solidária “em que cada um dará o contributo que quiser e se assim o entender” cuja receita será dividida pelas 12 marchas participantes representando uma ajuda, a par do subsídio atribuído pela autarquia, para os custos associados de participação que cada uma delas suporta.

Para o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, “as marchas populares são a melhor noite de Oliveira do Hospital” por toda as pessoas que envolve e pelo público fiel que mobiliza ano após ano.

Dando conta que o orçamento para a realização do evento se cifra nos 22 mil euros, o autarca agradeceu “o esforço das marchas envolvidas bem como a todos aqueles que, dentro das instituições, são a mola mobilizadora para que as mesmas participem” ano após ano neste evento. “É isto, também, que nos distingue como concelho”, concluiu.

Texto: CMOH

Fotos: António Madeira

04
Jun19

Marchas Populares desfilam em Seia na noite de São João

senhora do desterro 038.jpg

Senhora do Desterro - São Romão

SAnta Eufemia 001.jpg

Capela de Santa Eufêmia - Paranhos da Beira

capela de sao bento.png

Capela de São Bento - Torroselo

A tradição mantém-se. Na noite de 23 de junho a cidade ganha um novo brilho com as Marchas Populares, um dos eventos mais emblemáticos do concelho.

 

Os pequenos marchantes do Centro Escolar de Seia e do Jardim de Infância da Santa Casa da Misericórdia são os primeiros a desfilar, não antes de serem recebidos, como manda a tradição, na praça dos Paços do Concelho.

A estes juntam-se as marchas adultas que, em maior número, engrandecem esta festa marcadamente popular. Colorindo as ruas da cidade, as marchas de São Romão, de Loriga, de Travancinha e “Os Viriatos” (Arrifana) vestem orgulhosamente esta noite o fruto do trabalho de largos meses de empenho e dedicação.

Depois da receção no largo da Câmara (20h30), o desfile segue pelas ruas da cidade até ao palco do Anfiteatro Municipal, onde as marchas se apresentam para a atuação principal, que começa às 21h.

Entretanto, como a ocasião assim o pede, não faltarão oportunidades para degustar os pitéus típicos da época (sardinha, febras, entre outros) e adquirir o simbólico manjerico no Parque Municipal da cidade. As barraquinhas abrem às 17h e convidam ao convívio pela noite dentro que, de resto, será animado ao som do Grupo Alta Frequência.

 

As marchas populares são promovidas pelo Município de Seia em estreita parceria com as comissões das marchas populares, que trabalham todo o ano para brilhar nesta noite, contando com o apoio e colaboração das respetivas juntas de freguesia.

Texto: CMS

Fotos: António Madeira

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D