Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

12
Abr14

Torroselo, festa de S. Bento, 1970

Na Terça-feira da Páscoa de 1970, a equipa do Grupo Estrela D'Alva e os torroselenses residentes em Lisboa, defrontaram-se no Campo da Cruz Alta em jogo de grande amizade e fraternidade. O resultado final (5-2), foi favorável ao Estrela-d’alva. No final do encontro, o capitão Luís Augusto, festejou a vitória bebendo pela Taça  conquistada. Tudo isto aconteceu no dia 31 de Março de 1970. Aproveito este apontamento para recordar aos mais jovens que, quase todos os torroselenses que se deslocavam  à Festa de S. Bento, o faziam de excursão. Poucos eram aqueles, que tinham carro próprio. As excursões eram organizadas pelos dedicados e bons amigos torroselenses, Manuel "Forneiro" e Luís Baptista. 

11
Abr14

Em 1972, o Benfica conquistava a 15ª Taça de Portugal

Em 14 de Junho de 1970, o Benfica venceu a Taça de Portugal derrotando o  Sporting por 3-1, no Estádio do Jamor.  Os golos foram marcados por Artur Jorge, José Torres e António Simões. Pelo Sporting, marcou Peres. Assisti a esta final, mas não tenho nenhuma imagem fotográfica. Provavelmente ainda não tinha a minha "Kodak". Nessa época, de pouca oferta de marcas, as pessoas não diziam "quero comprar uma máquina fotográfica", mas sim, "quero comprar uma Kodak". O mesmo se aplicava às canetas; "quero comprar uma Parker". Em vez de: "quero comprar uma caneta".
Neste  mesmo Estádio do Jamor, eu vi o Benfica, em 1972, vencer a 15ª Taça de Portugal. Saudades desse Benfica todo ele português! Não tenho a certeza, mas quase que afirmava que nunca mais regressei a este Estádio. Fui perdendo o interesse pelo futebol e, o pouco que vejo, é através da TV. 
"Esta terá sido talvez a final mais equilibrada e espectacular. Com 45 mil pessoas no Jamor, aos 20 minutos, com alguma sorte à mistura, Eusébio pôs o Benfica em vantagem. Respondeu o Sporting no início da 2ª parte com 2 golos, virando o resultado. Mas Eusébio, sempre Deusébio, voltou a marcar, desta vez de cabeça e o jogo terminou 2-2. Avançou-se assim para o prolongamento e quando tudo previa que este tempo extra terminaria sem golos e teria que ser marcada uma finalíssima, livre para o Benfica no minuto 118. E aí Eusébio soltou um dos seus remates-canhões, a bola sofreu um ligeiro desvio na barreira lagarta e só parou no fundo das redes!

O Benfica vencia assim o encontro, com um hat-trick de Eusébio, e conquistava a sua 15ª Taça de Portugal. Alcançava também a 6ª dobradinha da História do clube".
in http://memoriagloriosa.blogspot.pt/2007/12/benfica-3-sporting-2-de-1972.html
10
Abr14

Nordeste, Julho/Agosto de 1979

O Nordeste, na edição de Julho/Agosto de 1979, noticiava um encontro de Bandas Filarmónicas do distrito da Guarda, para comemorar os 100 anos da Banda Moimentense. São estas colectividades populares, que animam as nossas aldeias e promovem a difusão da música. Sem estas instituições, muitos jovens não teriam a oportunidade  de aprender música e, se valorizarem culturalmente e socialmente.
09
Abr14

Museu Natural da Electricidade promove Caminhada

Museu Natural da Electricidade promove Caminhada

Apreciar a beleza da paisagem ao longo do Canal da Ribeira da Caniça, parte integrante do Aproveitamento Hidroelétrico da Cascata da Estrela, é a proposta do Museu Natural da Electricidade para o próximo dia 18 de abril, data em que se celebra o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

A caminhada vai ter início no Museu Natural da Electricidade, às 10h, e percorre o Canal da Caniça até ao açude de derivação. O regresso está agendado para as 12:30h, com passagem pelo Castro de São Romão e câmara de carga da Ponte de Jugais. Pelo caminho, os participantes terão a oportunidade de conhecer uma formação geológica com forte presença no imaginário mágico e simbólico das comunidades locais, conhecida como “Os Cornos do Diabo”.

No final da caminhada, a organização em parceria com a empresa Serranices e Arredores propõem um pic-nic serrano ou um almoço no Restaurante Margarida, a que se seguirá uma visita guiada ao Museu Natural da Electricidade.

 

Programa

10:00h – Concentração no Museu Natural da Electricidade 
10:30h – Início da caminhada 
11:30h – Chegada aos “Cornos do Diabo” – Ribeira da Caniça
12:30h – Regresso ao museu, com passagem pelo Castro de São Romão e câmara de carga de Ponte de Jugais 
13:00h – Pic-nic serrano ou almoço (facultativo e com inscrição e pagamento antecipados) * 
14:30h – Visita ao Museu Natural da Electricidade (facultativo)**

A participação na caminhada é gratuita e requer prévia inscrição.

*Pic-nic: 10€ por pessoa (entrada no Museu incluída)
Org.: Serranices e Arredores

*Almoço: 9,50€ (entrada no Museu incluída)
Org.: Restaurante Margarida

**Entrada no Museu Natural da Electricidade: 2€

Para mais informações e inscrições contactar o Museu Natural da Electricidade, através do telefone 238 316 276 ou por email: museu-electricidade@cm-seia.pt ou museudaelectridade@cm-seia.pt

 

Nota de Imprensa da CMS

07
Abr14

Festival ARTIS, inscrições abertas

Estão abertas as inscrições, até ao dia 15 de abril, para as Mostras de Pintura, Escultura e Fotografia, da ARTIS XII – Festival de Artes Plásticas de Seia.

Organizado pelo Município de Seia, em parceria com a Associação de Arte e Imagem de Seia, o festival, que vai na sua 12ª edição, vai decorrer de 3 de maio a 29 de junho, na Casa Municipal da Cultura de Seia e outros espaços.

Trata-se de um certame que se constitui como um contributo para a valorização da criação artística dos agentes locais, nos domínios da pintura, escultura, fotografia, música e outras áreas criativas. Embora possam ser apresentados trabalhos com tema livre, o tema sugerido este ano será A MAGIA DA NOSSA MONTANHA. Trata-se de um desafio aos fotógrafos e artistas locais e convidados a produzirem novas leituras sobre esta região da serra da Estrela. Visões, simultaneamente autorais e contemporâneas, de modo a descobrir os vários universos marcados pela magia da montanha, pelas tradições culturais, produtos, paisagens e pessoas.

Para além das várias exposições coletivas de diversas áreas artisticas, o Festival ARTIS conta ainda com iniciativas paralelas, entre elas workshop’s, ações de animação de rua, uma Mostra de Música Moderna de Seia e o Festival Especial, entre outras. Os músicos interessados em participar nesta Mostra, poderão contactar a Casa Municipal da Cultura (238 310 293).

Regulamento em www.artisdeseia.blogspot.com 

 

Comunicado de Imprensa da CMS

05
Abr14

Folar doce da Páscoa

Estamos a poucos dias da Páscoa e, na Páscoa, o folar doce não pode faltar. Hoje, a minha mulher, presenteou-me com estes lindos folares, que fazem lembrar  a Páscoa na nossa aldeia. Quando eu era criança, havia em Torroselo uma padaria propriedade do senhor Francisco Pinto, que fazia estas especialidades beirãs. Acreditem, estes têm o mesmo aroma e sabor. Como é bom voltar  a saborear estas maravilhas gastronómicas da nossa terra! Mas, com moderação... o colesterol e a diabetes andam por aqui.
Em Trás-os-Montes, terra da minha mulher, fazem dois tipos de folar; doce e de carne.  O folar  de carne - com muita carne de fumeiro -,  é rei por aquelas terras. Tem muita fama e, nas boas pastelarias de Lisboa, podemos encontrar o folar de carne de Valpaços, Chaves, Torre de Moncorvo e Vila Nova de Foz Côa.
04
Abr14

Conferência debate investimentos em Infraestruturas e o desenvolvimento da Região da Serra da Estrela

 

 

 

Conferência debate investimentos em Infraestruturas e o desenvolvimento da Região da Serra da Estrela

Os Investimentos em Infraestruturas e a sua importância para o Desenvolvimento do espaço sub-regional da Serra da Estrela é o tema central de uma conferência, promovida conjuntamente pelos Municípios de Seia, Oliveira do Hospital, Tábua, Covilhã e Nelas, que irá realizar-se no dia 05 de abril, a partir das 14:00h, na Casa Municipal da Cultura de Seia.

A iniciativa vai contar com a participação de vários agentes locais e regionais: autarcas, empresários, associações, órgãos desconcentrados da administração central, entidades públicas e privadas e organizações político-partidárias, entre outros.

A temática assume particular relevância, numa região que reclama a resolução dos constrangimentos de acessibilidade à vertente norte da Serra da Estrela e numa altura em que se encontra em discussão pública o estudo encomendado pelo Governo, sobre as Infraestruturas de Valor Acrescentado, um documento estratégico que define os investimentos prioritários para o País, no quadro da programação financeira europeia (2014-2020).

O fórum de discussão pretende evidenciar e reafirmar a importância da execução da Rede Rodoviária da Serra da Estrela (IC6, IC7 e IC37) para este território, que compreende uma das zonas ambientais e turísticas mais importantes do país, mas que regista indicadores de desenvolvimento socioeconómico regressivos, que importa corrigir.

A Beira Serra e a Serra da Estrela possuem um tecido empresarial ligado aos produtos endógenos, como os lacticínios (fileira do queijo), setor têxtil, da floresta e do turismo com enormes potencialidades, contudo, enfrenta dificuldades de afirmação, resultantes em boa medida de uma rede de acessibilidades obsoleta e que não serve os interesses deste espaço sub-regional, compreendido entre Coimbra, Covilhã, Guarda e Viseu, onde se incluem os Concelhos de Tábua, Arganil e Oliveira do Hospital (Distrito de Coimbra), Seia, Gouveia e Fornos de Algodres (Guarda) e Nelas (Viseu).

 

(Nota de Imprensa da CMS)

03
Abr14

Loja Social de apoio a famílias com crianças

Abriu, no dia 2 de abril, um novo espaço de apoio às famílias e crianças mais vulneráveis do concelho de Seia, o Centro de Recursos “Espaço Família + Bebé + Criança”.

Dinamizada pelo Contrato Local de Desenvolvimento Social de Seia (CLDS+ SENA), projeto social promovido pelo Município de Seia e coordenado pela Fundação Aurora Ressurreição Coelho Borges, este espaço surge da reestruturação da Loja Social existente, agora focalizada em responder às necessidades imediatas de famílias com crianças em situação de vulnerabilidade. 
A atividade do Centro de Recursos centra-se no apoio aos beneficiários de bens doados por particulares ou empresas, como roupa, calçado, artigos de puericultura, entre outros, mas também no auxílio a nível psicossocial.

A Loja Social está localizada na Escola da Ladeira, junto à central de camionagem, e estará aberta duas vezes por semana, às quartas-feiras, das 14h às 17h, e às sextas-feiras, das 10h às12h e das 14h às 17h.

São beneficiários da Loja Social, os indivíduos que revelem fragilidades económica e social identificada pelas entidades e, após análise da situação socioeconómica da família, serão atribuídos bens, mediante a disponibilidade do Centro de Recursos.

Esta estrutura solidária de apoio está aberta a doações de particulares e empresas, tendo já recebido sinais inequívocos de solidariedade, por parte de algumas instituições locais e sobretudo de anónimos que se têm voluntariado nesta causa.

No âmbito do CLDS + Sena, a nova Loja Social será um equipamento que terá como objetivos: promover a melhoria das condições de vida das famílias com crianças em situação de carência, através da atribuição de bens, novos ou usados; potenciar o envolvimento da sociedade civil, empresas e instituições e de toda a comunidade na recolha de bens; promover a integração social do indivíduo, família e comunidade, estimulando a sua participação; e desenvolver a participação de voluntários.

Município de Seia

 

(Nota de imprensa da CMS)

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D