Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

Correio de Torroselo

Blog Regionalista da Beira Serra

29
Mar19

FootPáscoa, Seia, 8 a 18 de Abril

Agosto - 2016 029.jpg

Agosto - 2016 036.jpg

 

Incutir hábitos saudáveis, com enfâse na aprendizagem e prática de várias modalidades desportivas, são alguns dos propósitos do programa de ocupação de tempos livres do Município promovido durante as férias escolares para crianças e jovens, dos 6 aos 15 anos.

 

De 8 a 18 de abril, o Estádio Municipal volta a receber crianças e jovens em mais uma edição do FootPáscoa. Do atletismo ao voleibol, passando pelo futebol, karaté, ténis e atividades gímnicas (Gym4all), o programa alia diversão e desporto num só, como são exemplo o “Footchampions”, os circuitos de agilidade, as dinâmicas de grupo, os jogos lúdicos e o desporto adaptado. O FootPáscoa inclui ainda uma tarde desportiva dedicada às crianças dos Jardins-de-Infância do concelho.

O desenvolvimento da maioria das modalidades contam, à semelhança do ano passado, com a colaboração das associações desportivas do concelho. Aceitaram o repto lançado pelo Município o Centro de Atletismo de Seia, o Sena Clube (no voleibol), o Grupo Gymnasticando (da Escola Secundária de Seia), o Seia Futebol Clube, a União de Karaté Shotokan das Beiras - Centro de Karaté de Seia e o Clube de Ténis de Seia.

O convite para participar no FootPáscoa constitui uma forma não só de envolver o associativismo, mas também de promover e destacar o trabalho desenvolvido por estas coletividades.

Por sua vez, como vem sendo hábito, o programa do FootPáscoa integra, ainda, uma campanha de colheita de sangue, promovida pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação, que este ano se realiza no dia 18 de abril, das 12h30 às 18:30h.

 

O FootPáscoa é promovido pelo Gabinete de Desporto da Câmara Municipal de Seia há 16 anos, consecutivos, e este ano decorre no período compreendido entre 8 a 18 de abril (dias úteis), das 9h às 12h e das 14h às 17h. As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas junto do Gabinete de Apoio à Divisão Sociocultural do Município de Seia, no Estádio Municipal ou nos Gimnodesportivos Municipais.

Texto: CMS

Fotos: António Madeira

21
Mar19

CTT recolhem e enviam donativos dos portugueses para Moçambique

Praia das Chocas.JPG

ilha.JPG

 

Os CTT – Correios de Portugal, em parceria com os Correios de Moçambique, arrancam esta segunda-feira, dia 25, com uma ação de recolha de roupas nas Lojas CTT dos donativos dos portugueses para enviar para Moçambique.

Com a passagem do ciclone Idai milhares de moçambicanos foram afetados pelas cheias. A ajuda de todos é fundamental e, assim, os CTT estão a fornecer Embalagens Solidárias para que os portugueses possam enviar roupas para Moçambique.

Basta chegar a uma das 538 Lojas CTT espalhadas por todo o país, pedir uma Embalagem Solidária, colocar o donativo e o envio será realizado, de forma gratuita. Os portugueses podem contribuir com roupas, uma das grandes necessidades em Moçambique, segundo o pedido dos Correios de Moçambique.

Para Miguel Salema Garção, Diretor de Marca, Comunicação e Sustentabilidade, “Esta ação em colaboração com os Correios de Moçambique envolve todo o universo CTT, em particular a nossa rede de Lojas, que permite de forma ágil e dinâmica transformar esta ação num enorme sucesso contribuindo para ajudar as comunidades moçambicanas afetadas. Move-nos ajudar Moçambique!”

Os CTT aproveitam a forte capilaridade e proximidade às populações disponibilizando a sua vasta rede de lojas para fazer chegar os donativos dos portugueses a quem mais precisa.

A recolha de donativos nas 538 Lojas CTT decorre de 25 de março até 8 de abril.

Texto: Site dos CTT

Fotos: Pedro Madeira

15
Mar19

ANIVERSÁRIO DA FILARMÓNICA FLOR DO ALVA

vila 1.jpg

vila 2.jpg

A Flor do Alva tem a honra de notificar e informar que, no próximo dia 7 de abril, domingo, irá celebrar o seu aniversário.

O almoço será servido na Casa do Povo de Vila Cova de Alva, às 13h. Seguidamente, teremos um concerto, às 15h e, às 16h30, iremos em serviço realizar a Procissão dos Passos, também em Vila Cova.

Sao 101 anos de vida, de trabalho, de amizades, de dedicação e esforço por parte de gerações. Nada disto seria possível sem o empenho das nossas gentes, por esse motivo, contamos consigo no nosso almoço, que poderá confirmar nos contactos inscritos no cartaz.
Fonte: https://www.facebook.com/aflordoalva

12
Mar19

Falecimento

lurdes.jpg

Faleceu hoje, 12 de Março, aos 85 anos,  Lurdes de Campos Caetano.

O corpo repousa em câmara ardente na Capela de São Bento onde haverá as cerimónias funebres.

O funeral a cargo da Agência Funerária Brito, de Oliveira do Hospital, tem lugar amanhã, 13, pelas 14,30 horas para o cemitério local.

Aos seus familiares endereço os meus sentimentos.

 

10
Mar19

Recordações de Lisboa

Lisboa Natal 021.jpg

Neste edifício funcionou durante cerca de 50 anos a Tabacaria/Papelaria Caravela. Encerrou as portas em 30 de Dezembro de 2005. Foram 27 anos a trabalhar  neste local, nesta empresa, que era uma referência no comércio tradicional.

Políticos, ministros, presidentes da Republica, jornalistas e tantas outras figuras conhecidas faziam parte da vasta e diversificada clientela da Caravela.

De lá para cá muitas são as lojas tradicionais da baixa de Lisboa que encerraram. Creio que nenhuma o fez por motivos económicos ou laborais. Os interesses são outros...

Lisboa Natal 022.jpg

Vista parcial do Rossio, a sala de visitas de Lisboa. Tudo que acontece, acontece no Rossio. 

Nos anos 70 do século passado o Rossio era ponto de encontro de retornados, refugiados e desalojados.

No passeio junto ao Nicola o local era maioritariamente frequentado por portugueses e angolanos.

Em frente, junto à Pastelaria Suíça era mais moçambicanos e portugueses, já no Largo de São Domingos era quase e só guineenses.

Vendia-se de tudo,  divisas,  outras coisas menos recomendadas, recordações de África que alguns conseguiram trazer para a então Metropole e matavam-se a dor e a  saudade de uma terra que  que os viu partir  sem voltar.

Lisboa Natal 025.jpg

Rua Augusta, as esplanadas dos cafés, restaurantes e comida rápida substituiu muitas e tradicionais lojas de comércio tradicional.

Lisboa Natal 034.jpg

Edifício dos Grandes Armazéns do Chiado, local ocupado pela FNAC.

Uma particularidade, os Armazéns do Chiado foram fundados em 1894 por um grupo empresarial francês, mas em 1904 (?) foram adquiridos pelos irmãos Nunes dos Santos, oriundos do Barril de Alva - Arganil. Nesta localidade fundaram uma filial dos referidos armazéns. Ali se vendia quase tudo. Para além de tecidos, vendiam-se materiais de construção, artigos de mercearia, bebidas e outros. 

Lisboa Natal 064.jpg

Paços do Concelho de Lisboa, neste local o ilustre torroselense Dr. José Maria da Costa Brandão desempenhou as funções de Notário Privativo da Câmara Municipal de Lisboa.

08
Mar19

Ação de reflorestação na Mata do Desterro

senhora do desterro 056.jpg

senhora do desterro 004.jpg

Meio milhar de árvores autóctones vão ser plantadas em área protegida, afetada pelos incêndios de outubro de 2017.

 

O Município de Seia, através do CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela e do Serviço Municipal de Proteção Civil, a União das Freguesias de Seia, São Romão e Lapa dos Dinheiros e o Movimento de Cidadãos Por uma Estrela Viva vão promover, este sábado (dia 9 de março), uma ação de reflorestação na Mata do Desterro.

A ação traduzir-se-á na plantação de cerca de 500 carvalhos alvarinho e negral, espécies endógenas da região, incidindo numa área particularmente afetada pelos incêndios, na Mata do Desterro (Senhora do Desterro), onde se realizaram os trabalhos de estabilização dos solos, no inverno de 2017/2018.

Na altura, a iniciativa permitiu a minimização da erosão dos solos, que em muito contribuíram para a proteção da bacia de drenagem onde é recolhida a água para abastecimento público, criando por sua vez condições para a recuperação dos espaços florestais, como está subjacente nesta ação.

À semelhança de outras iniciativas que têm vindo a ser desenvolvidas neste âmbito, a reflorestação está aberta à participação de todos os que pretendam colaborar, numa ação de voluntariado, encontrando-se limitada a um máximo de 35 pessoas.

A organização aconselha o uso de botas, agasalho, impermeável, luvas de trabalho, bem como um pequeno lanche e água. A participação na reflorestação inclui seguro, sendo o transporte da responsabilidade dos participantes. O ponto de encontro será junto ao Coreto, na Senhora do Desterro.

Texto: CMS

Fotos: António Madeira

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D