Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

Correio de Torroselo

Defensor dos interesses de Torroselo, de Seia e da Região da Beira Serra

22/10/18

Falecimento

alice.jpg

 Faleceu aos 82 anos de idade,  Maria Alice Marques da Silva Coragem, casada com Luís Mendes Coragem.

O funeral realizou-se hoje, 22 de Outubro para o cemitério de Torroselo.

A todos os seus familiares, especialmente seu marido, filhos e netos apresento sentidas condolências, ao mesmo tempo que imploro a Deus para que a leve para junto de Si.

 

22/10/18

“Ciclo pelas Igrejas” promove música e património do concelho de Oliveira do Hospital

 

Oliveira do Hospital 019.jpg

Festa de Santa Ana 017.jpg

 

 

O Município de Oliveira do Hospital, através do seu pelouro da Cultura vai promover, durante os próximos fins de semana, nos meses de outubro e novembro, vários concertos no âmbito da iniciativa “Ciclo pelas Igrejas” percorrendo vários espaços religiosos do concelho.

A edição de 2018 deste ciclo inicia este sábado, 20 de outubro, às 21H30, com dois concertos: na Igreja Matriz de Alvoco das Várzeas atuará o Choral Poliphónico do Alva e na Capela de Santa Margarida, em Vila Franca da Beira, será o Coral de Sant'Ana que se fará ouvir.

Será também este grupo coral que, no sábado seguinte (dia 27), estará presente na Igreja Moçárabe S. Pedro de Lourosa, monumento nacional.

Já em novembro, o mês inicia com o concerto da Tuna Recreativa Penalvense na Igreja Matriz de Lagares da Beira, no dia 3 pelas 21H30. Uma semana depois, a 10 de novembro, a Igreja da Misericórdia de Galizes será palco de um concerto para olhos vendados, “Os sons da nossa aldeia” de Luís Antero.

Com a dinamização deste “Ciclo pelas Igrejas”, que iniciou em 2011, o Município de Oliveira do Hospital pretende dinamizar um evento de valorização da produção musical levada a cabo pelos grupos do concelho e em simultâneo de promoção do património monumental religioso e histórico concelhio.

Dessa forma, o Município de Oliveira do Hospital, com a colaboração das Juntas de Freguesia, das paróquias aderentes e do movimento associativo, dirige, através do seu pelouro da Cultura, o convite ao público em geral para que acompanhe mais uma edição deste interessante ciclo de concertos que constitui um momento de reunião e comunhão em torno da música e do património religioso.

Texto: CMOH

Fotos: António Madeira

15/10/18

Tradição Competitiva - Workshop Economia Digital

aase.jpg

 


No âmbito do Projeto Tradição Competitiva promovido pela AASE, irá decorrer no próximo dia 30 de Outubro 2018 o Workshop, com a temática – Economia Digital – Exemplos de Sucesso.
Decorrerá na Escola Superior de Turismo e Hotelaria de Seia, em Seia, com início às 14h00.
Iremos contar com ilustres presenças, abordando temáticas actuais sobre a economia local no artesanato.

Fonte: Associação Artesãos Serra Estrela

08/10/18

Escola de Música da BTEA

banda.jpg

 Se és jovem, gostas de música, de conviver e conhecer novas caras e fazer novas amizades, então de que estás à espera?

Fala com os teus pais e vem aprender música na Banda Torroselense! As inscrições estão abertas e todos são bem-vindos.

Texto: António Madeira

Imagem: Banda Torroselense

04/10/18

Oliveira do Hospital comemora o Feriado Municipal dia 7 de Outubro

Oliveira do Hospital 024.jpg

Festa de Santa Ana 021.jpg

 

Oliveira do Hospital 018.jpg

 

O Município de Oliveira do Hospital assinala no domingo, 7 de outubro, o Feriado Municipal com uma sessão solene comemorativa durante a qual serão entregues os galardões municipais a cidadãos e instituições concelhias cujo prestígio, cargo ou ação são merecedoras da distinção.

Antes ainda, na noite de véspera (6 de outubro), acontece o espetáculo de rua “Nariz Preto” de Pedro Tochas onde o humorista cria uma aventura épica com a ajuda do público.

Mímica, circo e teatro físico, em ambiente de cinema mudo, são os elementos que fazem parte de uma história cheia de mistério e emoção, povoada por heróis e monstros, que prometem encantar e fazer rir toda a família.

Tem início às 21H30 no Jardim Oliveira Mano e entrada gratuita, dinamizado no âmbito do programa Coimbra Região de Cultura.

Já no domingo, o dia inicia com uma arruada na cidade pela Filarmónica de Ervedal da Beira, sendo que a partir das 10H00, nos Paços do Município, concretamente no salão nobre terá lugar a sessão solene comemorativa do Feriado Municipal.

Para além da cerimónia de agraciamento às entidades concelhias serão também entregues os Diplomas de Reconhecimento/Promoção Escolar aos alunos do concelho que se destacam no ensino secundário, profissional e superior.

Este ano, a Medalha de Ouro, a mais alta distinção municipal, será atribuída a Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) que ficará para sempre ligada a vários projetos de desenvolvimento no concelho, e depois dos incêndios de 15 de outubro tem contribuído decisivamente, num quadro muito complexo e de grandes constrangimentos, para o processo de renascimento concelho.

Com a Medalha de Mérito Municipal são homenageados: Fernando Joaquim Brito, empresário no setor da carpintaria que é exemplo da capacidade de resiliência empresarial ao recomeçar do zero a sua empresa, destruída nos incêndios, mantendo a laboração e postos de trabalho; Maria do Carmo Vasconcelos (a título póstumo), professora que durante várias décadas dedicou a sua vida ao ensino e a causas sociais, é exemplo de cidadania e perdura na memória dos oliveirenses; António Raul Dinis Costa, tem sido um grande exemplo para a sociedade oliveirense pela sua grande capacidade de entrega à causa pública, com um percurso ligado ao associativismo, à cultura, ao desporto, aos bombeiros e proteção civil e ação social na freguesia de Lagares da Beira onde foi também presidente da Junta de Freguesia.

A tarde será ainda preenchida com a apresentação do livro “Brás Garcia Mascarenhas, aventureiro, poeta, guerreiro” de António Rodrigues Gonçalves, autor do concelho, a partir das 16H00 na Biblioteca Municipal de Oliveira do Hospital.

Texto: CMOH

Fotos: António Madeira

02/10/18

Comemorações dos 150 Anos de Nascimento de Pedro Amaral Botto

150anosbottomachado_web2.png

 

No âmbito das Comemorações dos 150 anos do nascimento de Pedro Amaral Botto Machado e no seguimento do conjunto das iniciativas já realizadas, a Comissão Organizadora das Comemorações vai promover um conjunto de iniciativas.
No dia 4 de outubro, decorrerá uma acção de divulgação da vida e da obra do benemérito de Pedro Amaral Botto Machado, junto à comunidade escolar do concelho.
No dia 5 de outubro, pelas 10h00, irá realizar-se um Desfile dos Paços do Concelho até à Avenida Botto Machado acompanhado pela Banda da Sociedade Musical Gouveense ‘Pedro Amaral Botto Machado’ e Bombeiros Voluntários de Gouveia. Seguem-se as Cerimónias junto ao Busto de Pedro Amaral Botto Machado com alocução do Dr. Alípio de Melo e finaliza-se a manhã, com um almoço nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Gouveia pelas 12h30.
No mesmo dia, pelas 21h00, no Teatro Cine de Gouveia, realizar-se-á um concerto pela Sociedade Musical Gouveense “‘Pedro Amaral Botto Machado’, assinalando-se também o dia da Implementação da República.
Ainda no decorrer das Comemorações dos 150 anos do nascimento, está patente nas Galerias João Abel Manta de 24 de Setembro a 15 de outubro, uma exposição de homenagem, justa e sentida, a esta personalidade maior da história do concelho.

Fonte:http://www.cm-gouveia.pt/

01/10/18

Dia Mundial da Música

O Dia Mundial da Música comemora-se anualmente a 1 de Outubro

 

Festa de Santa Ana 044.jpg

 Parabéns a todos que, pelo Mundo fora promovem e divulgam a arte musical!

A música é uma forma de arte adorada por milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, fazendo parte do quotidiano. A música é até uma forma de unir as pessoas do mundo e é considerada como um alimento para a alma.

 

 

30/09/18

Viagem pela Terra Quente Transmontana

1538340708491008.JPG

Igreja Matriz de Carrazeda de Ansiães dedicada a Santa Águeda, Padroeira da Vila

 

1538341014221594.JPG

Biblioteca Municipal, antigos Paços do Concelho

1538341153569012.JPG

Pelourinho e Fonte das Sereias

1538341083772765.JPG

Placa evocativa da transferência da sede municipal do Castelo de Ansiães para Carrazeda,

1538341277230473.JPG

Rua típica  do Centro Histórico de Carrazeda de Ansiães

1538340798802826.JPG

1538340943686475.JPG

Carrazeda, Agosto de 2017 049.jpg

 

Jardim Municipal de Carrazeda de Ansiães. Neste local, no centro da Vila de Carrazeda, realizava-se a feira tri-mensal.

Há alguns anos a Edilidade transferiu a feira para outro local, e  transformou este antigo campo da feira no jardim que as imagens documentam.

 

27/09/18

Recordar o abastecimento de água ao domicílio em Torroselo

agua1.JPG

agua2.JPG

 Foi no início dos anos 60, talvez, sem certezas,  em 1961, que Torroselo viu dar os primeiros passos para a distribuição de água ao domicílio.

O furo , que iria abastecer os  habitantes da nossa aldeia foi feito num caminho público junto ao "chão do pascoal", entre uma propriedade de António Inácio Lavrador e a Dª Julinha Mendes.

A partir daqui a água era levada para o depósito junto ao antigo campo de futebol, local onde está a piscina.

Naquela época, poucas, mas muito poucas famílias, tinham possibilidades financeiras de fazer a instalação da água na suas residências, pelo que, continuaram a abastecer-se nas fontes e nos fontanários então construidos. Fontanários, que curiosamente, estão todos, ou quase, desactivados. Resta-nos a Fonte dos Mouros e a Fontinha!

Felizmente, a vida para os mais pobres e mais desprotegidos melhorou, hoje, ninguém vive sem o precioso liquido em casa.

Torroselo, terra de gente com grande valor e bairrismo consegui nos anos em que poucos sonhavam ter, importantes melhoramentos e equipamentos ao serviço da população.

A Casa do Povo com sede própria, Posto Médico, os Correios, água ao domicílio, ruas limpas e calcetadas, Escolas Primárias, e a Casa Paroquial são alguns dos melhoramentos que a minha memória vai recordando com nostalgia.

26/09/18

Por terras do Alto Douro Vinhateiro

153796661777472.JPG

1537966704400087.JPG

1537966781531286.JPG

1537966861104505.JPG

1537966932829640.JPG

1537966997308603.JPG

Aqui, no Alto Douro Vinhateiro, são produzidas as melhores uvas para o Vinho do Porto.

O vinho, o azeite, a batata, a amêndoa, a maçã e outros produtos agrícolas são a grande alavanca da economia da região.

O Turismo Rural e os Cruzeiros no Douro são igualmente responsáveis pelo progresso e desenvolvimento da economia local.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.